Vai um gole aí? Agência libera consumo de álcool

Enquanto proliferam nos quatro cantos do mundo campanhas para que ‘se beber, não dirija”, blitz de combate a quem dirige alcoolizado e outras ações sobre o consumo de bebidas alcoólicas, a Notícia Expressa vai na contramão.

Criada em 2005, a Notícia Expressa é a única agência de assessoria de imprensa no Brasil especializada no atendimento de contas do mercado de cervejas especiais. Hoje, a empresa contabiliza 25 contas do setor e comemora dez anos de existência.

Uma das características mais marcantes da agência é o consumo – moderado – de bebidas alcoólicas durante o expediente. “Aqui não há hora marcada para beber, meus colaboradores têm livre acesso para abrir o frigobar e degustar as bebidas durante o expediente.”, declara Miriam Lago, proprietária da agência.

Fotos: Divulgação.
Miriam Lago.

Miriam Lago.

Lago acredita no envolvimento pleno com o produto, como forma de conseguir traduzir fielmente a essência do mesmo, por isso permite o consumo no horário de expediente.

“Desde que iniciei essa prática, obtive um ganho de produtividade e motivação na agência. Todos trabalham com mais empenho e comprometimento, afinal a atmosfera do local se tornou muito mais atrativa.”, afirma a empresária. Tanto que neste ano a Notícia Expressa foi procurada pelo Great Place to Work, que mostrou interesse em analisar o ambiente de trabalho da agência.

noticia expressa 2Com a crescente chegada de rótulos importados ao País e o nascimento de várias cervejarias artesanais, a agência resolveu se especializar no setor e hoje é a única empresa de comunicação com quadro de jornalistas que também são beer sommeliers.

“Fomos responsáveis pela introdução das matérias sobre cervejas especiais na mídia brasileira. Tivemos muitos obstáculos no início, pois até então só grandes cervejarias eram notícia na mídia.”, finaliza Lago.

Além de atender contas do universo cervejeiro, a agência detém contas de bebidas como Cachaça, Vodka, Licor e Saquê.

Há Controvérsias

De acordo com a dona da agência, o clima para se trabalhar ficou melhor depois que a cerveja foi liberada. Mas, fica a dúvida: O que é consumo moderado? Para um alcoólatra, um gole de bebida alcoólica já não é mais moderado.

A Lei 11.705, conhecida como “Lei Seca”, estabelece que não é permitido dirigir após exceder o limite de 0,2 mg de álcool por litro de sangue. Na realidade, a tolerância é zero, já que se você tomar apenas uma dose e quiser voltar para casa deve chamar um táxi ou pegar uma carona com quem não bebeu. Se ingerir o equivalente a duas ou três doses e conduzir um veículo, não é apenas infração: é crime de trânsito.

Sendo assim, o moderado deixa de existir. Ou será que os colaboradores da Notícia Expressa não dirigem?

E, tem mais, se para tornar o ambiente agradável e bom para se trabalhar é preciso ingerir bebida alcoólica, a meu ver, tem algo errado nesse ponto também. Se a moda pega, certamente muitos problemas virão. Afinal, não se pode confundir sommeliers de cerveja com jornalistas que divulgam uma notícia sobre ela.

Acho que vou ter que beber uma, afinal, estou falando de cerveja né?

Indicar para um amigo: