Gamescom 2012 teve mais de 200 mil visitantes

A Gamescom começou na quarta-feira (15/08) em Colônia, na Alemanha. Foram apresentados mais de 300 novos jogos e gadgets tecnológicos no evento que durou até ontem (19/08).

Os destaques da feira foram as apresentações do jogo de simulação de futebol “Fifa13” e uma nova versão de “Tomb Raider”, que tem milhões de fãs em todo o mundo. Outros jogos foram “Assassins Creed 3” e “Crysis 3”.

O grupo japonês Sony foi um dos 600 expositores e apresentou seus melhores jogos para o PlayStation 3 com uma nova aparência. Entre eles estão “Little Big Planet” e o game de terror “Until Dawn”. Além disso, a marca apostou em jogos com formato menor, que se possam jogar em smartphones.

O segmento de jogos para aparelhos móveis é uma tendência crescente entre os jovens, e, portanto, um dos focos na Gamescom, que pela primeira vez esteve em um pavilhão só para eles. Jogos on-line também tiveram espaço na feira.

Mercado em Dificuldade

Embora mantenha a reputação de maior feira de jogos da Europa, a Gamescom não teve particpação de grandes nomes, como Nintendo, Microsoft e Sega. As ausências podem ser atribuídas à perda de importância dos fabricantes de consoles, uma vez que jogos on-line se tornam cada vez mais universais.

Outro nicho afetado pelo desenvolvimento de jogos para tablet e smartphones são os fabricantes de jogos portáteis, também chamados game boy, como Vita e Nintendo 3DS, dizem os organizadores do evento.

A organização de TI da Alemanha, Bitkom, espera uma redução em 3,08 bilhões dólares no mercado de videogames do país em 2012. A perda de receita seria causada pela durabilidade dos consoles de jogos e sua habilidade para se manterem atualizados por intermédio de correções de software, além o uso de dispositivos periféricos, afirma Ralph Haupter, da Bitkom.

A feira Gamescom, cujo país parceiro deste ano foi a Coreia do Sul, contou com mais de 250 mil visitantes, e, paralelamente às apresentações de novos jogos, representantes da indústria e políticos discutiram assuntos como classificação etária para proteção de menores e direitos autorais.

Indicar para um amigo: